Pular para o conteúdo

A LACOSTE PODERIA USAR ESSA IDÉIA DO MARK RONSON!

julho 29, 2010

Mark Ronson é um artista cheio de estilo, já concebeu uma linha de sneakers para a Gucci e sempre aparece muito bem vestido. Em seu novo vídeo clip, “Bang Bang, Bang”, ele lançou uma idéia super bacana, sobre a qual a equipe criativa da Lacoste deveria pensar em usar.

Nesse clip, Mark aparece usando um tênis clássico do René Lacoste de 1963. Só que com um toque especial. O croc aparece iluminado por um efeito de laser (bem retrô, a lá Tron) , como se fosse florescente. A Lacoste não poderia se inspirar e lançar um modelo de tênis especial?

Aproveita e veja o vídeo de Bang Bang Bang.

NOVAS IMAGENS MASCULINAS

julho 29, 2010

Acabou de sair a edição da Revista Yacht (do Yacht Clube de Salvador) com um artigo meu, sobre as semanas internacionais de moda masculina. E com dicas de peças indispensáveis para o verão!

Clique aqui e leia o artigo (página 88 – no cabeçalho da revista eletrônica corresponde a página 91)

CONVERSA COOL: JOÃO HENRIQUE CORREIA (STONE BONKER)

julho 27, 2010

João Henrique Correia

Minha nova Conversa Cool, não poderia ser mais cool, é com o designer João Henrique Correia, da Stone Bonker. Esta deve ser a grife brasileira sobre a qual mais comentei (leia mais I, II,III,IV) pelo simples fato de que me identifico bastante com o seu estilo. Ela foi criada em 2007 e possui um conceito baseado na naturalidade da elegância casual. E como revela o João, na entrevista, se inspira muito no modo de se vestir dos franceses.
A nova empreitada da jovem marca é a parceria com a Absolut e já é um sucesso, repercutindo internacionalmente. João concebeu “presentes” especiais que acompanham uma edição limitada da vodka premium, Absolut 100. São três modelos de gravatas (uma skinny, outra tradicional e uma com a ponta quadrada) em seda italiana com o design sofisticado, marca registrada da Stone Bonker.

Absolut e Stone Bonker

Detalhe da gravata especial criada pelo João para a Absolut 100

1) Conte-nos como começou a sua carreira na moda e o porquê da escolha pela moda masculina?

Sou designer gráfico por formação, e depois de algum tempo na área da publicidade, entrei para a primeira equipe de marketing da Diesel no Brasil. Em paralelo desenvolvia como free lancer alguns trabalhos para uma amiga – a Helô Rocha da marca Têca. Foi daí que o interesse pela moda surgiu. Digo que caí de para quedas e fiquei. Comecei com camisetas para presentar amigos, e a coisa foi desenrolando. Oito meses depois pedi demissão, comecei com a Stone Bonker de casa e depois de 3 anos estamos na sexta coleção. Sou de Aracaju e desde lá, antes de vir morar em São Paulo sentia dificuldade na hora de comprar masculino. O mercado vem crescendo mas ainda é limitado. Nunca tive dúvida em começar pelo masculino. Queria fazer roupa para mim e para os meus amigos. Parece que deu certo.
2)Quais têm sido os seus desafios para a sua grife? Você acredita haver compatibilidade entre os seus propósitos criativos e a receptividade do mercado consumidor brasileiro?

O Brasil é  grande e diversificado. Esse é o grande desafio. Sinto que no geral o brasileiro é resistente a novidades. São poucos os que creditam algo pelo simples fato dele parecer bom. Em geral funciona assim. Tenho poucos clientes realmente arrojados e que acreditam na coragem. E perceba que o que fazemos não é nada muito diferente. Trabalho no atacado, é o cenário que vejo. Talvez essa resistência fosse menor se tivessemos o varejo da Stone Bonker, a loja própria, vendendo todo o conceito da marca. Projeto para logo mais.
3)Comente um pouco sobre seu processo criativo. Qual é a imagem do homem que te inspira a criar?

Meu processo criativo é meio louco. Nunca é linear, digamos. Misturo um monte de coisa e conto uma historinha para mim mesmo. Gosto muito de cinema. Cinema europeu, francês. Nos últimos tempos venho batendo nisso. Eu penso demais, é de enlouquecer. O homem da Stone Bonker é artista, boêmio, inteligente. Ele é maduro o suficiente para ter uma pespectiva da vida, do mundo mas também jovem o bastante a ponto de não se leva tão a sério. Uma figura que me veio a cabeça agora, falando em cinema francês é o ator Loius Garrel. Na moda, a elegância descontraída do Paul Smith me agrada. Na estética, as imagens simplistas mas poéticas do Heidi Slimane são lindas.
4) O que você deseja acrescentar ao cenário da moda masculina brasileira?

Quero fazer o meu papel, seja ele do tamanho que for.
Quero ter as portas abertas e ver o sorriso nos rostos dos meus amigos..

OS FAVORITOS!

julho 26, 2010

Vamos começar a semana lendo os meus post favoritos, escritos no site Oi Moda?  Espero que gostem, tanto quanto gostei de escrevê-los.

A ESTAMPA DE ONÇA PARA OS HOMENS

SALVEM OS HOMENS! (SERIA MELHOR DIZER MACHOS)

OS ESTILISTAS DA DOLCE&GABANNA TÊM RAZÃO?

OS HIPSTERS ESTÃO ONDE MENOS SE ESPERA.

PASSEIO PELO SHOPPING: C&A e Zara

julho 22, 2010

Coleção Sérgio K. para C&A

Uma ida ao shopping sempre desperta nossos desejos de consumo, mas como evitar esse prazer? Hoje aproveite e fui a C&A, conferir a coleção Sergio K. Uma ótima iniciativa essa. Primeira coleção de roupas masculinas desenhada por um estilista conhecido. Antes a rede de lojas de departamento só tinha investido no público feminino. Estão lá as camisas polo e camisetas com frases de efeito que fazem sucesso na grife do jovem empresário brasiliense. O que mais me chamou atenção na coleção foram os sapatos.

Camisetas

Bermudas R$ 69,90

Tênis R$ 89,90

Em seguida, passei na Zara. E raramente saiu de lá sem gostar de nada. A notícia boa foi que o blazer de moleton, que já falei aqui e até hoje recebo comentários, voltou na nova coleção, porém mais caros.

Blazer de Moleton R$ 229

Outro blazer muito estiloso é esse preto da foto abaixo. O diferencial dele é essa lapela bem cortada, dá um ar muito sofisticado.

Blazer Preto R$ 449 (caro,mas bonito)

E o meu look favorito foi essa combinação da calça jeans khaki gasta e a camisa jeans. Na verdade, a camisa é de malha com tratamento especial para parecer jeans. Perfeita para o verão.

Calça R$ 119 e Camisa jeans R$ 99

LANÇAMENTO DA MELISSA PARA HOMENS JÁ ESTÁ A VENDA

julho 21, 2010

A notícia de que a Melissa iria lançar sapatos masculinos fez o maior sucesso na internet. Agora, finalmente os sapatos M.Zero já estão a venda no site da Surface to air. Os modelos são mocassim e oxford, obviamente com o design revisitado e moderno. O material é o plástico, já famoso nos modelos de sapatos femininos. E com direito a aquele cheirinho de chiclete. Cada um custa R$ 120,00! Não tenho dúvidas, de que pelo menos, o oxford fará sucesso.

Em Salvador, a Bilbao vai começar a vender os sapatos masculinos da Melissa, a partir do início de agosto. O lançamento acontecerá aqui com direito a um coquetel dia 4 de agosto,às 19 hs, na loja do Jardim Apipema.

ONIOMANIA: Wood Glass na Bleudame

julho 17, 2010

Sabe aquele óculos de material e textura de madeira que estão usando por aí?

Até o Alexandre Herchcovitch, em parceria pra primavera/verão 2011 com a Chilli Beans, criou alguns modelos apostando nesta ecologic trip.

Alexandre Herchcovitch para a Chilli Beans

Se ainda não está seguro com esta tendência, o Neonico, portal de moda e comportamento masculino em que colaboro como TrendHunter, traz uma matéria sobre o tema, apontando referência internacional de peso em defesa do Madeira Eyewear.

Dada esta volta, eis o que importa: a Bleudame está com uma promoção incrível de óculos. Adivinha o que encontrei lá?

Wood Glass na Bleudame por $ 5,00

Acho democrático.

ACESSORIZE-SE

julho 12, 2010

A tendência para o próximo verão é o minimalismo e as composições monocromáticas, por isso os acessórios podem desempenhar um papel tão importante. Eles conferem cor e identidade. Investir neles pode ser uma escolha inteligente até para o homens que normalmente preferem roupas com menos cor, independente da estação.

Quero dar destaque as jóias ou bijuterias. Elas têm um preço mais em conta e são fáceis de encontrar, se você estiver decidido a procurar. Minhas apostas são os anéis, correntes,braceletes e pulseiras em prata, com influência navy (elementos náuticos como âncoras, timão, moedas) ou étnicos (orientais) e artesanais (aproveitando a diversidade do artesanato brasileiro).

O ideal em correntes são as mais longas, do que as curtas coladas no pescoço. Elas podem ser mais finas (as grossas demais pesam o visual). Fica muito bonito se você usar duas juntas,uma mais longa e outra mais curta fica bem interessante.Faça o mesmo com a pulseiras. O melhor é experimentar e ver o que mais combina com seu estilo. Aos poucos, você pode ampliar as experimentações.

Vamos ver alguns acessórios e formas criativas de usá-los, que podem ser boas inspirações.

Bijuterias da Asos.

Tentarei garimpar bijuterias, jóias em lojas e postarei no blog em breve!

INSPIRAÇÃO FRANCESA PARA O HOMEM NA H M

julho 10, 2010

A H&M acabou de divulgar uma prévia da sua coleção de outono e inverno 2010/2011. E já podemos nos inspirar nela. A sofisticação natural da moda francesa e o do modo como os franceses se vestem é o grande mote inspirador da gigante do fast-fashion. Os icones do cinema Jean Paul Belmondo e da música francesa Serge Gainsburg personificam o estilo invocado nessa nova coleção, junto com o estilo de vida parisiense boêmio, artístico e dandy.

Aqui no Brasil a Stone Bonker já tinha antecipado esse clima na sua coleção atual de inverno inspirada no filme Acossado, de Jean Luc-Godard (leia aqui sobre isso)

O mais interessante dessa coleção é simplicidade elegante.

ONIOMANIA: Liquidação Mão Aberta na C&A

julho 8, 2010

O problema de quem vai ao shopping no horário de almoço é este: passar em frente a C&A e se deparar com uma liquidação. Aproveitei os minutos que me restavam antes de voltar ao trabalho e dei uma olhada rápida nas araras.

Sabe aquele jeans que se usava muito nos anos noventa e que já há algum tempo está presente em todas as coleções com foco em jeans wear? Pois é. Estou falando da famosa lavagem “Acid Wash”.

Surpresa! Encontrei uma calça com esta lavagem lá na C&A entre as araras, deixada de lado. Ela é mais destruída e clara, sugerindo estar mais antiga e menos salpicada de água sanitária, mas está valendo.

"Acid Wash" Denim da C&A por R$ 79,00

"Acid Wash" Denim da C&A por R$ 79,00

Apesar do preço um pouco salgado para uma loja de departamento, esta é uma boa aquisição pra usar no verão que vem aí. Vai lá!

%d blogueiros gostam disto: