Skip to content

Mergulho no guarda-roupa de inverno:uma ode ao negro

junho 30, 2011

” A moda pertence aos domínios da fantasia, portanto da grande criação do espírito humano.” Flávio de Carvalho

Desde que vi a foto  “30´s by Ricardo Tisci” comecei a inventar uma estória pra ela (com direito a figurino e personagem) e desta forma também, um desejo pela elegância dos anos trinta não saia da minha cabeça.

Esse período histórico está envolvendo a moda masculina atualmente, nas traduções de seus ícones de estilo como as calças amplas, paletós de duplo abotoamento, chapéus, óculos de armação redonda, sapatos brogue, oxford e cabelos bem penteados com gel. Exatamente agora, no início do século XXI somos atraídos pela estética e imagens das primeiras décadas do século anterior, como se nelas pudéssemos encontrar uma forma de viver (ou interpretar) o futuro.

“Cada um de nós é, sucessivamente, não um, mas muitos.E essas personalidades sucessivas, que emergem umas das outras, costumam oferecer os contrastes mais estranhos e assombrosos entre si.” José Enrique Rodó, Motivos de Proteu 

O passado sempre o atraiu, por suas ruídas, vestígios, mistérios, pelas possibilidades de outras visões, existências e principalmente pelo peso do que se herda de gerações anteriores. Enquanto admirava a paisagem que passava veloz diante dos seus olhos, brincava com a ideia que lhe ocorria: “Em uma casa vazia, antiga, onde o tempo corroe tudo que é sólido e a natureza reclama seu domínio ignorando tudo, existe mais poesia pela ausência, do que em um museu cheio de respostas”.

Vestia-se de negro num inverno distante. Foge das lembranças de um luto recente e toma um trem sem saber o destino. Era um viajante experiente e não ansiava pelas distrações pitorescas dos lugares. Tudo o que ele quer, é não ser notado, até que possa encontrar algum tipo de equilíbrio e paz em meio ao frio.

Como não confessa nada em diários, cartas ou conversas, tudo ao seu respeito pode ser enganoso. No fundo ele não é tão sombrio, só se cansou do verossímil. Talvez essa característica se revele em algum detalhe, numa pista que afirme seu desejo pela alegria.

One Comment leave one →
  1. julho 1, 2011 11:14 am

    Amo amo amo🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: