Skip to content

SPFW:DESFILES MASCULINOS, UMA QUESTÃO DE HONRA

junho 20, 2010

*A semana de moda masculina de Milão já começou e é uma questão de honra, para mim, terminar de comentar os desfiles masculinos da São Paulo Fashion Week.

Do Estilista

Marcelo Sommer apresentou um desfile inspirado no clima do velho oeste americano,nada literal, uma brincadeira. Todos sabem que o estilista tem um universo criativo muito ligado ao retrô e kitsch. O resultado da coleção foi muito carregada em estampas e cores.

Mário Queiroz

O desfile de Mário inspirado em Istambul foi uma surpresa agradável. Depois, da sua coleção de inverno, super colorida, até demais. O estilista concebeu um verão mais clean. Os looks monocromáticos são os meus favoritos. Ele utilizou bem alguns elementos do vestuário árabe (como as batas e túnicas) somados a uma alfaiataria ocidental contemporânea. O recorte das lapelas de alguns blazers é de muito bom gosto. Fiquei muito feliz com o acerto dele nessa coleção. Usável, comercial e sofisticada.

João Pimenta

O super esperado desfile de João Pimenta dividiu muito as opiniões. Melhor que não provocar reações. A inspiração foi a chegada da família real no Rio de Janeiro, em 1808, os modos europeus refinados, a figura do dândi e o toque contemporâneo viria do surf. O resultado foi um desfile que demonstrou o tralento do estilista em trabalhar com uma alfaitaria muito bem executada, a sofisticação dos tecidos e do acabamento. Não foi um desfile comercial. João quis impactar a todos com uma imagem, a do dândi tropical. E definitiavamente essa imagem sintetiza um desejo de sofisticação para os homens no verão. É a imagem predominante para a moda masculina no verão 2011.

O dândi inovava ao se vestir, expressando sua identidade no que usava, principalmente experimentando com a alfaiataria, com os tecidos, volumes e proporção. E esse é um conceito que se impõe hoje, a vontade dos estilistas de renovarem o guarda roupa masculino pela inovação na alfaiataria clássica.

V. ROM

O verão da V. ROM é urbano. O que vimos foi uma predominância do preto, branco e cinza. Alguns toques de cores fortes como o amarelo e estampas. A grife busca determinar sua identidade com a alfaiataria casual, a assimetria nos cortes. Tudo muito jovem e cosmopolita. Alguns looks são pesados para o verão brasileiro, mas sem dúvida são propostas bem interessante.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: